fbpx

YouTube ou TikTok: qual o melhor para a sua empresa?

Em poucos anos o TikTok deu um salto tão grande que chegou ao mesmo nível que outras grandes plataformas de conteúdo de vídeo. O que antes era um pequeno local da internet mais virado para pré-adolescentes, agora tornou-se uma aplicação que nem mesmo grandes organizações empresariais podem ignorar.
Mas será que o TikTok pode realmente competir com o gigante YouTube?
Neste “confronto” YouTube vs TikTok, analisaremos 5 pontos importantes para que possa decidir por si mesmo qual escolher.

1 – Antecedentes e propósito

Embora sejam ambos plataformas de vídeo, o TikTok e o YouTube são bastante diferentes. Compreender as diferenças básicas é o primeiro passo para escolher o caminho certo para o seu negócio.

TikTok: é uma rede social em primeiro lugar

Lançado em 2016, o TikTok é uma das mais recentes redes sociais do mundo e tem atualmente mais de 1 bilião de utilizadores ativos.
O TikTok é, antes de tudo, uma rede social. Embora os vídeos sejam parte integrante desta plataforma, a ênfase principal está em todas as coisas sociais típicas de uma plataforma de rede social como entreter os utilizadores, dar a estes um meio de auto expressão e construção de identidade, incentivar as pessoas a interagir diretamente umas com as outras, permitir que estas escolham os perfis que querem ver e que desenvolvam e refaçam conteúdo existente.
Em termos de “gostos”, compartilhamentos e seguidores, podemos dizer que se assemelha ao Instagram. E, tal como este, o TikTok foi projectado para a experiência móvel.

Source: Unsplash

YouTube: é um mecanismo de pesquisa de vídeo em primeiro lugar

O YouTube foi fundado em 2005 e hoje possui mais de 2 biliões de utilizadores ativos, que, desde 2017, assistiram a mais de 1 bilião de horas de conteúdo todos os dias.
Ao contrário do TikTok, o YouTube não foi desenhado para ser uma rede social. Apesar de muitas pessoas assistirem ao YouTube para se divertir (podendo interagir compartilhando e comentando), esta plataforma serve para muito mais do que entretenimento. Muitos utilizadores usam o YouTube para procurar informações específicas e aprender como fazer algumas coisas.
Se o TikTok pode ser considerado uma rede social clássica com recursos de pesquisa, o YouTube é mais um mecanismo de pesquisa clássico com recursos sociais.

Source: Unsplash

2 – Dados demográficos do utilizador

Ao decidir, entre o TikTok e o YouTube, qual é melhor para sua organização, a primeira pergunta a fazer é: quem está na plataforma?

TikTok: dominado pela Geração Z

Desde o início, o TikTok tem como alvo os espectadores mais jovens.
Apesar da idade média de um utilizador do TikTok estar a aumentar, ainda tem uma base muito jovem cuja idade se reflete entre os principais “famosos” da plataforma.
As marcas mais bem-sucedidas no TikTok procuram entender esse mercado mais jovem e adotar uma abordagem mais da geração Z ao marketing. Muitos vídeos do TikTok são “patetas”, cínicos, ativistas, inclusivos, autênticos e super auto-conscientes.

YouTube: popular entre todas as idades

Em geral, o público do YouTube é mais diversificado que o do TikTok. Embora os utilizadores mais jovens sejam uma grande parte da composição do público do Youtube, os utilizadores mais velhos também são significativos.
O YouTube está a crescer e a tornar-se popular entre os mais velhos, com uma taxa de crescimento 80% maior para espectadores com 55 anos ou mais.
A base de espectadores diversificada do YouTube reflete-se na sua lista de canais mais inscritos, que vão desde a maior gravadora de música da Índia, a canais de canções infantis, a personalidades de videogames.

3 – Oportunidades e limitações de conteúdo

Outra grande questão a avaliar gira em torno do conteúdo de cada plataforma. O que é possível e o que funciona melhor?

TikTok: Curto, moderno, colaborativo e eclético

Source: Canva
Duração e tendências

Talvez a coisa mais importante a entender sobre o conteúdo do TikTok seja que o cenário está em constante mudança. Os vídeos do TikTok são curtos e os “ciclos de vida” das tendências são ainda mais curtos.
O que é popular este mês pode não ser popular no próximo mês, e o que é popular hoje pode não ser popular amanhã. 

Recursos colaborativos

Parte do motivo pelo qual estas “microtendências” começam e acabam tão rapidamente no TikTok tem a ver com a existência de recursos pessoais altamente envolventes da plataforma como o Stitch, onde pode reproduzir e responder ao vídeo de outro utilizador, o Duet, onde pode gravar um vídeo “ao lado” de outro vídeo e as Mensagens diretas (também conhecidas como DMs).
Recursos como estes provavelmente são o motivo pelo qual o TikTok obtêm mais interações do que qualquer outra plataforma social. Segundo um estudo, descobriu-se que as interações do TikTok são cinco vezes maiores que as do Instagram!

Tipos de conteúdo

O TikTok tornou-se popular pelos vídeos de dança e sincronização labial, que ainda hoje se fazem muito. Outros conteúdos populares do TikTok são as reencenações de cenas de filmes, desafios, vídeos curtos de comédia, dicas (beleza, moda,…) e pranks.

Estética

Os vídeos do TikTok tendem a parecer mais autênticos e “caseiros” em comparação com os do YouTube.
Muitos utilizadores do TikTok usam os recursos integrados – como tela verde, jump cuts, distorção de tempo, texto, etc – para personalizar os seus vídeos.
O resultado final é um feed TikTok com uma mistura variada de vídeos. 

YouTube: vídeos mais longos com mais tópicos e mais “limpos”

Duração e tendências

Enquanto os vídeos do TikTok são restritos a um máximo de 10 minutos, os vídeos do YouTube podem durar até 12 horas (se a sua conta for verificada).
E, embora o YouTube tenha as suas tendências, como qualquer plataforma de conteúdo, para agradar o algoritmo do YouTube, focar em conteúdo de qualidade é muito mais importante do que estar dentro da última tendência.

Tipos de conteúdo

Como os vídeos podem ser muito mais longos, há de todos os tipos de conteúdo de vídeo no YouTube.
Encontramos no Youtube muitos dos mesmos tópicos gerais do TikTok, como vídeos de reações, de comédia, de música, mas também muitos conteúdos mais longos e aprofundados, como vídeos de treino físico, de instruções/tutoriais, audiolivros, filmes e programas de TV, cursos, demonstrações de produtos, transmissões ao vivo de jogos, entrevistas, documentários,…

Estética

De um modo geral, os vídeos do YouTube tendem a ser mais “limpos” do que os vídeos do TikTok. Especialmente para contas corporativas, os vídeos geralmente incluem edições profissionais, como logotipos/marcas d’água, transições de vídeo, gráficos em movimento, animações,…
Apesar das expectativas estarem a mudar (especialmente com o crescimento do YouTube Shorts e transmissão ao vivo), a maioria dos espectadores espera que o conteúdo do YouTube das empresas tenha uma marca profissional.

4 – Privacidade: Compartilhamento e acesso ao conteúdo

Deseja restringir o acesso ao vídeo a um determinado grupo? Então é importante entender quais são as suas opções.

TikTok: Acesso baseado na aprovação do seguidor

O TikTok oferece duas maneiras de manter a privacidade. A primeira é tornar a sua conta privada para que apenas seguidores aprovados possam ver tudo o que publica. A outra opção é ter a sua conta pública, mas tem que definir os vídeos individualmente como privados (para que apenas os seguidores aprovados por si possam visualizá-los).
Outro ponto notável em termos de compartilhamento de conteúdo é o facto do TikTok oferecer um botão de download opcional para vídeos, o que o YouTube não oferece.

YouTube: Acesso baseado em URL direto ou e-mail

Se quer publicar conteúdo mas ocultá-lo dos resultados de pesquisa públicos, o YouTube oferece dois níveis principais de privacidade. Pode escolher a opção não listado, onde o seu vídeo não é visível nos resultados de pesquisa, mas pode ser visto por qualquer pessoa com o URL direto, ou pode escolher a opção privado, onde o seu vídeo só fica visível para endereços de e-mail específicos que foram convidados por si.
Ao contrário do TikTok, os utilizadores do YouTube não precisam de ser seguidores aprovados para visualizar o conteúdo restrito. Pode definir restrições mais precisas adicionando os endereços de e-mail em vez de restringir ou aprovar os seguidores.

5. Oportunidades de marketing e publicidade

Quer seja um empreendedor individual ou uma grande empresa, existem cerca de um milhão de maneiras diferentes de aproveitar o vídeo para processos de marketing, publicidade e vendas.

TikTok: principalmente anúncios e patrocínios pagos

O TikTok oferece várias oportunidades de anúncios pagos, desde “dar um boost” no conteúdo existente e patrocinar utilizadores até criar efeitos personalizados de realidade aumentada (AR). 
Em termos de oportunidades não pagas o TikTok é mais limitado.
As contas comerciais podem ser vinculadas ao site a partir do perfil, mas não há como vincular a partir de uma legenda de vídeo. Não pode também sugerir um próximo vídeo para o espectador assistir ou meter links para outros vídeos.

YouTube: ferramentas mais robustas e maior flexibilidade

O YouTube oferece uma enorme variedade de oportunidades de anúncios pagos, semelhantes ao TikTok em termos de posicionamento no feed e segmentação de público. Onde o YouTube se destaca é nas oportunidades não pagas.
Comparado ao TikTok, o YouTube oferece muito mais liberdade para as empresas aproveitarem o próprio conteúdo de vídeo. No Youtube pode sugerir um próximo vídeo para o espectador assistir, meter links para qualquer site na descrição ou no próprio vídeo, escrever textos longos nas descrições dos vídeos (bom para vendas diretas), fazer ofertas de conteúdo para download gratuito nas descrições dos vídeos e responder a comentários com links ou ofertas.

YouTube ou TikTok: Qual é o veredicto final?

Em última análise, a decisão entre TikTok e YouTube dependerá em grande parte do que sua empresa ou organização procura.
Se quer ganhar reconhecimento da marca envolvendo e entretendo diretamente um público mais jovem, experimente o TikTok. Se procura criar conteúdo num formato mais longo e que funcione como funil de vendas, então a sua empresa deve estar no YouTube.
Ou talvez a melhor resposta seja os dois! Estas duas plataformas são tão diferentes que ambas podem ser trabalhadas numa estratégia inteligente de marketing de vídeo multicanal.
Se ainda está com algumas dúvidas, aqui está uma rápida recapitulação para o ajudar a decidir.

TikTok
  • Vídeos curtos
  • Ciclos de tendências acelerados
  • Utilizadores mais jovens
  • Ênfase no humor e entretenimento
  • Recursos interessantes de colaboração como Duet e Stitch
  • Configurações básicas de privacidade com base nos seguidores da conta
  • Opções de publicidade paga, mas menos CTAs disponíveis
YouTube
  • Vídeos curtos ou longos
  • Menos importância nas tendências atuais
  • Utilizadores de todas as idades
  • Todos os tipos de conteúdo de vídeo
  • Opções mais versáteis para compartilhar conteúdo privado
  • Mais maneiras de incluir chamadas diretas à ação e ofertas de vendas no conteúdo de vídeo

Quer opte por crescer no Youtube ou TikTok, pode contar com a Click and Play neste processo de criação dos seus vídeos, independentemente do tipo ou formato de vídeo que escolha.